23/10/2002:
A charmosa Saarbrücken
link http://www.cronicas-da-lilian.com.br/cronica_lilian_28.htm

Saarbrücken, capital do Estado alemão de Saarland, é uma cidade encantadora e de povo hospitaleiro. O rio Saar (que emprestou o nome à cidade e ao Estado) é sua característica marcante. Cruzando a cidade ao meio, o rio provocou uma linda paisagem de pontes e jardins em suas margens.

Sendo bastante tranqüila e até mesmo pequena para uma capital, Saarbrücken preserva o espírito de cidade do interior, ao mesmo tempo em que é o centro político e comercial do Estado. Imagino que seja um bom lugar para viver, já que une as facilidades do comércio, do lazer e da educação com a calma e segurança das cidades pequenas.

Apesar de não ser tão procurada por turistas estrangeiros, Saarbrücken oferece muitas atrações. Entre elas, os prédios históricos com belos exemplos de arquitetura alemã e as bonitas paisagens que o rio Saar desenha na cidade. Localizada próxima à França, também é possível sentir os ares (e sabores!) franceses em suas brasseries e bistrôs.

A rua Bahnhofstraße é a artéria principal da cidade, conectando pontos importantes como o mercado St. Johanner, o rio Saar e o Bürgerpark. Dizem que seja provavelmente a rua mais antiga de Saarbrücken, remontando suas raízes à época do antigo Império Romano, quando constituía uma das rotas de Strasbourg para Trier. Hoje, é em torno dessa rua que se localizam as lojas, os cafés, galerias de arte e a área de pedestres. Depois de ser reconstruída em 1994, para constituir área de compras e lazer, a Bahnhofstraße acrescentou feições novas e modernas à sua característica histórica.

Para quem quer um pouco de agitação, o ponto de encontro da cidade é no mercado de St. Johanner. Ao redor da fonte de 1760, um dos símbolos da cidade, as pessoas se reúnem para conversar, principalmente nas ensolaradas tardes de verão. Foi nesse lugar que as butiques, bistrôs e cafés se instalaram em casas típicas, algumas do séc XVI. Ali você sente que realmente está numa cidade de fronteira com a França.

Ainda no centro de pedestres, pude conferir outros lindos pontos turísticos: a prefeitura e a Igreja de St. Johann. Com traços góticos misturados ao estilo renascentista alemão, a prefeitura é tão bonita que eu não conseguia parar de olhar. Não é para menos, afinal o prédio foi projetado pelo arquiteto Georg Ritter von Hauberrisser, o mesmo que assinou o projeto da prefeitura de Munique (de tirar o fôlego!). A prefeitura de St. Johann foi construída entre 1897 e 1900, e juntamente com a Igreja de mesmo nome e o prédio dos correios perfaz o marco histórico e simbólico de fundação da cidade.

Ainda na margem direita do Rio Saar, o parque Bürger também é destaque. Foi concluído em 1989, e localiza-se numa área que recebia depósitos de carvão. O parque foi desenhado e criado a base de materiais originais do antigo porto. Ali também foi construído um importante e moderno centro de convenções.

Atravessando uma das pontes que corta o rio Saar, chega-se do outro lado da cidade. O prédio do Parlamento se localiza nas margens do rio. Durante minha visita à cidade, tive a oportunidade de conhecer o Parlamento de Saarbrücken e assistir uma apresentação em espanhol sobre o sistema político alemão. O parlamento conta com 51 deputados dos partidos SPD e CDU. Para quem não lembra, atualmente o presidente alemão pertence ao SPD. Uma característica do sistema político alemão é que ele é descentralizador, ou seja, cada estado tem autonomia para possuir seu governador, seu parlamento e seus ministros. As leis são autônomas no que se refere ao policiamento e à educação.

Pertinho do parlamento está o antigo castelo da cidade, chamado de Saarbrücken Schloss. Localizado em cima de um rochedo nas margens do rio Saar, o castelo foi construído pela primeira vez em 999. Depois, passou por sucessivas reconstruções em diferentes estilos, em meio à conturbada história de Saarbrücken. O prédio também já teve diferentes funções. Originalmente serviu de castelo, depois passou a ser centro administrativo, e chegou a ser uma prisão da Gestapo na Alemanha Nazista. Depois da Segunda Guerra, o castelo foi reconstruído em estilo contemporâneo e reaberto em abril de 1989.

É pertinho do castelo que outro ponto de Saarbrücken pode e deve ser apreciado, a Ludwigplatz. O destaque da praça é a igreja de Ludwig, que data do século XVIII e é uma das mais bonitas Igrejas protestantes da Alemanha. A praça de Ludwig revela traços de presença do estilo barroco na arquitetura da cidade.

Meu passeio chegou ao fim, mas valeu a pena. Saarbrücken é uma capital muito simpática e acolhedora, com suas ruas largas calçadas com pedras de paralepípedos, muitas pontes, poucos edifícios altos. De tão pertinho da França acabou trazendo um pouco do charme do país vizinho, sem perder, é claro, o toque de eficiência alemão.

www.saarlandbilder.netKarteSaarbrücken